Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Memórias de um piano e... galinhas

por Maria Alfacinha, em 02.12.11

 

 

Tenho um ouvido apurado. Saio - como em muitas outras coisas - ao meu pai embora nem lhe chegue aos calcanhares na capacidade que tinha em fazer musica fosse com o que fosse. A ele bastava-lhe ouvir uma vez uma melodia, ou experimentar um qualquer instrumento musical, para logo de seguida arrancar acordes quase perfeitos e poucos minutos de ensaio eram suficientes para interpretar a peça completa. Eu sou teimosa, é o meu grande talento. Tanto hei-de procurar, tanto hei-de experimentar que acabarei por a conseguir tocar. Claro que tal talento pode levar à loucura quem me rodeia…  

O piano foi sempre o meu instrumento de eleição. Em casa dos meus tios havia um. Tinha sido nele que as crianças da casa tinham praticado (e praticado e praticado) depois das aulas de música a sério, as que eu nunca tive, que em tempos lamentei não ter e que hoje duvido tivesse paciência para suportar. Mas aquele piano fazia as minhas delícias de menina. Ainda pequenina, abria a porta do escritório, levantava com dificuldade a tampa e pondo-me em bicos dos pés trepava para o banco tentando perceber até onde os meus braços poderiam chegar. Depois, com um único dedo experimentava as escalas, decorando a ordem, descobrindo uma ou outra combinação, tentando que a tecla tocasse a mesma nota que a minha voz, até perceber que o piano tinha uma voz própria, que não a podia comandar, que seria eu que teria que o acompanhar. Era tão silenciosa aquela sala… Era impossível não encher o ar de música: “Quand trois poules vont aux champs” e o dedito hesitante “do-do-la”, não… “do-do-sol”, sim… parece ser isto “do-do-la”… ai  “sol”, outra vez “do-do-sol-sol” e agora? “do-do-sol-sol-… la-la… sol”, sim, sim, do principio “do-do-sol-sol-la-la-sol” agora ao mesmo tempo “Quand trois (do-do)poules (sol-sol)vont aux(la-la)champs(sol)”

Ah, que felicidade! O meu dedo sabia uma canção, reconhecia as notas, decorava o caminho saltitando de tecla em tecla… “Quand trois poules vont aux champs, la première marche devant…” e o dedito corria as teclas “do-do-sol-sol-la-la-sol, fa-fa-mi-mi-re-re-do” e eu ria feliz, batia palmas chamava pelos meus tios, queria que eles vissem e se espantassem e aplaudissem o meu feito. E eles vieram, espantaram-se e aplaudiram como sempre fizeram comigo até ao fim das suas vidas.

Ao longo dos anos fui aprendendo outras melodias. Com muita prática e ainda mais teimosia, passei a utilizar primeiro 5 dedos de uma mão e depois as 2 mãos. Nunca achei necessário aprender a usar os pedais, mas deve ter a ver com o meu carácter prático: para quê complicar?
Não, não toco piano, nem de perto nem de longe.
Brinco com as teclas e divirto-me com isso.
Se há melodias perfeitas?
Sim, conheço algumas… De momento só me lembro desta:
“Quand trois poules vont aux champs…"

 

in "Histórias de menina"

publicado às 17:13


3 comentários

De gora a 02.12.2011 às 18:57

que bom ler-te!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




 






O Meu Alpendre


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D