Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nota para mim mesma

por Maria Alfacinha, em 31.01.12

220px-Library_book_shelves.jpg

Como adoradora de livros, sou fã de livrarias e de Bibliotecas.

Tenho a sorte de ter duas perto de mim, uma ao pé de casa e outra ao pé do emprego. A primeira, dado os meus horários estranhíssimos, praticamente já não a frequento, mas a segunda faz parte dos itinerários das minhas horas de almoço. Uma das vantagens de ir buscar livros às Bibliotecas, além de me poupar dinheiro – que em abono da verdade eu não tenho para gastar – é o facto de muitos deles terem feito parte de colecções particulares e trazerem consigo um pouco da história de alguém que já o possuiu. São os livros que trazem marcas das passagens preferidas porque se desfolham quase sózinhos - demonstrando claramente que estiveram muito tempo abertos em determinada página – ou que têm desenhado um vinco no canto da folha, onde a leitura foi interrompida. Confesso que gosto de tentar adivinhar a forma como foi usado, a quantidade de páginas que leram de cada vez que lhe pegaram, o porquê da preferência por determinado excerto ou capítulo. Gosto principalmente de o fazer depois de o ler, quando já conheço o enredo, tentando encontrar semelhanças ou diferenças, num exercício combinado de fantasia e análise pseudo-científica, como se fosse um qualquer detective em busca de indícios para a resolução de um qualquer mistério.

 

A minha predilecção, no entanto, são as dedicatórias. São duas histórias numa só página: a de quem ofereceu o livro e a de quem o recebeu. Normalmente têm nomes, datas, justificações e sentimentos, sempre muitos sentimentos. Ah, perco-me com dedicatórias... Há dias, encontrei nos “Contos Vagabundos“ do Mário de Carvalho, esta que transcrevo, omitindo apenas os nomes, por algum pudor para com quem a escreveu:

 

“Meu A. lindo,

Evocação, simples mas profunda, do dia 5 de Maio de 1987, hoje que se comemoram 14 anos de vida em comum, cheia de momentos felizes, algumas surpresas, muita paixão e um eterno encantamento.

B.

5 de Maio de 2001"

 

Sem explicar porquê, indaguei da data de entrada no espólio da Biblioteca: Agosto de 2002. Foi o suficiente para me distrair dos meus propósitos de leitura. Como é que, tão pouco tempo depois da evocação, tal receptáculo de sentimento é despido na praça pública? Que se terá passado entre o A. e a B.? Porque é que o A. não o conservou? Será que a B. sabe que a demonstração do seu carinho, anda agora a ser comentada senão por todos, pelo menos por mim? Que aconteceu aos 14 anos de vida em comum? Para onde foi a paixão e o encantamento que se pensava eterno?

 

E enquanto me esforço por esquecer a dedicatória e concentrar na leitura do livro, escrevo mentalmente uma nota para mim mesma: antes de doar a minha biblioteca pessoal – algo que está nos meus planos desde sempre - separar os livros que têm dedicatórias. Se não houver ninguém na minha vida que os saiba preservar, prefiro mutilá-los e arrancar a página onde alguém demonstrou o quanto gostava de mim....

publicado às 16:52

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




 






O Meu Alpendre


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D