Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Em mim

por Maria Alfacinha, em 28.02.16

201109-1 (2).JPG

Há em mim uma urgência em desbravar-te, uma sede de ti que não consigo saciar, um tudo querer que me esforço por ignorar, uma paz desconhecida que se agiganta a cada dia. Por vezes mal entendo o que me dizes, perdida na visão das tuas palavras que ganham formas doces e me abraçam num regaço delicado, para logo se agitarem em emoções exageradas pela mágoa forrada de lágrimas, que te despe por inteiro, revelando histórias marcadas pela vida, aqui uma ferida que não fechou, ali uma cicatriz quase esquecida, palavras arma-carinho doridas, esquivas, intensas, sentidas, tuas - mas não apenas tuas - palavras de uma outra língua que simplesmente se perpetua na historia de ti.

 

Há em mim uma urgência estranha em desbravar-te, em derrubar muralhas de receios e acreditar num mundo que apenas sonhei, que me encanta e ao mesmo tempo me intimida quando sacode a resignação com que vesti os dias quando aceitei que a vida não tinha mais nada para me oferecer. Mas os olhos são outros – e as dores não se medem – e só me resta ignorar temores e frases feitas, desmentindo normas e teorias gastas de estafadas, desfraldando a a bandeira que me sustenta e teimosamente carrego comigo, apregoando que é preciso aceitar – se não mesmo, entender! – o que nos diz o coração.

Aprendo-te a cada conversa, a cada gesto, a cada silêncio tranquilo que se instala em nós e deixo-me surpreender pela certeza que em ti – em mim – não há fronteira entre o saber e o sentir. Mas entre urgências e mundos desconhecidos, fica-me a dúvida se te apercebes da forma como me tocas, como me agarras e prendes até nos raros momentos em que não me pegas na mão.

 

publicado às 22:36

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Fevereiro 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829




 






O Meu Alpendre


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D