Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



#salvadorable

por Maria Alfacinha, em 13.05.17

 

Não consigo evitar. É instintivo, uma daquelas coisas que todos nós fazemos sem nos apercebermos, como quando algo nos traz memórias boas e nos transporta para onde podemos apenas ser felizes, alheios ao que nos magoa, e onde voltamos a acreditar. Aos primeiros acordes mergulho num outro mundo e deixo-me abraçar pela melodia que me aconchega, enquanto as palavras me acariciam o sentir. E sorrio. Sorrio muito.


É doce como o algodão da minha infância, simples como os sonhos de quem ama, capaz de derreter os corações mais descrentes, a banda sonora de um tempo que não tem tempo, mas o que eu gosto mesmo - assim um gostar que me faz esquecer de respirar – é aquele silêncio a que se recolhe quem se permite senti-la, o olhar brilhante, comovido e o sorriso que perdura mesmo quando a canção acabou.


Pouco me importa a Eurovisão dos brilhos e efeitos especiais, das passadeiras vermelhas que prometem glória e fama qual fogos fatuos pretensiosos. A Eurovisão que tem fama de ser palco de compadrios e alianças políticas, a mesma Eurovisão que se incomodou com o alerta para a situação dos refugiados que o Salvador teve a coragem de (literalmente) vestir.


Venham de lá os críticos que arrasaram a interpretação, a escolha da roupa e o penteado, os especialistas no evento que criticaram a pobreza da melodia, a lamechice, a ausência de coros, coreografias e espectacularidade. Venham de lá e expliquem as muitas versões que se vão multiplicando pelo mundo fora ou o olhar emocionado de quem não se cansa de a trautear. Venham de lá e tentem ouvir com o coração o que os vossos ouvidos não vos conseguiram mostrar. Cuidado, porém: é justo que vos avise que podem ficar viciados...

publicado às 21:02


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031




 






O Meu Alpendre


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D