Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amigos

por Maria Alfacinha, em 30.05.12

4BC5E555-9304-4D1D-B935-B973073A734C.jpg

Se alguma vez me classificarem de tímida não acreditem. Sou daquelas pessoas que três dias depois de se mudar para outra cidade já conhece o nome de toda a gente com que se cruza e ao fim de um mês há quem se convença que afinal sempre vivi ali. Nasci assim. As histórias que ouvi e que precedem a minha memória são demasiado parecidas para serem inventadas. Nasci assim e nunca fiz nada para ser diferente do que a genética determinou. E gosto de ser assim. Mas no livro da minha vida, que escrevo todos os dias, repleto de lugares, pessoas, cheiros e cores as personagens principais são, sem dúvida alguma, o sentir, a emoção e aquele sentimento estranho, quase mágico, para o qual não inventaram ainda o nome, que surge quando reconhecemos alguém apenas porque parece ter sempre vivido dentro de nós. Uns tornam-se amores e outros chamamos de amigos.

 

Não faço amigos levianamente, que é quase um compromisso para a vida. É um amor - digo eu que não concebo o amor sem amizade - daqueles amores que ansiamos, que nos põem estrelas nos olhos e que nos roubam o sono porque o tempo passado perto de quem se gosta substitui perfeitamente o descanso que precisamos. Os amigos estão sempre connosco, mesmo quando não estão. Disponíveis e atentos, sabem onde guardamos a chave do nosso coração, ouvem tudo aquilo que nem sequer dizemos, o que nos vai na alma, orgulham-se dos nossos feitos, choram as nossas dores, repreendem-nos com um sorriso e têm um colo imenso onde sabemos que nos podemos aconchegar. São os nossos cúmplices, os nossos iguais, companheiros de aventuras e longas conversas, confidentes e críticos. Os amigos não nos cobram a distância e a ausência, apenas abrem os braços e sorriem quando finalmente aparecemos. Como se diz por aí: "entram na nossa vida e deixam pegadas no nosso coração”.

 

Não sei se são muitos os meus amigos, nem sei se alguma vez os contabilizei.

Sei que são bons e só isso me importa.

Para todos a minha eterna gratidão.

Sem vocês não seria quem sou.

publicado às 11:06


7 comentários

De magnolia a 30.05.2012 às 13:08

Coisa mailinda:))

De Maria Alfacinha a 08.06.2012 às 13:47

Coisa mailinda és tu :-)

De Closet a 03.06.2012 às 01:26

Abracinho :) adorei!

De Maria Alfacinha a 08.06.2012 às 13:48

E eu fico feliz por isso :-)

De aflores a 04.06.2012 às 17:28

Nem consigo dizer mais nada
Tudo de bom

De Maria Alfacinha a 08.06.2012 às 13:48

Esses olhos disseram tudo :-)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




 






O Meu Alpendre


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D