Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O primeiro dia

por Maria Alfacinha, em 01.03.12

sun-palace.jpg

Nos últimos anos perdi uma mãe, um tio, uma tia (tão, mas tão especiais...), estabilidade financeira, qualidade de vida, perdi empregos, paz de espírito, auto-estima e até perdi saúde. Perdi peso o que, em determinadas circunstâncias, pode ser uma coisa boa, mas perdi-o pelas piores razões, da pior forma e nem de longe o que entretanto tinha ganho. Deixei algures, num dos tortuosos caminhos que percorri, alguns sonhos e muitas vontades. Perdi - ou arrumei-as onde não devia - as ganas de lutar, de pegar o destino pelos cornos e moldá-lo à minha maneira. Perdi desejos. Perdi a esperança. Perdi a paciência, ainda antes de perder o respeito pela minha própria vida. Perdi-me de mim. Não perdi amores porque – sei-o agora – não os tive. Não perdi amigos, pois os amigos não se perdem. E não perdi a vida porque talvez algures no meu passado perverso e infeliz, tenha havido um momento de Verdade(*).

 

Não responsabilizo ninguém pelas minhas perdas ou mágoas, nem mesmo esse Ser dito superior que me tentaram impingir como Verdade única, como se fosse eu a errada por não me conformar com a degradação e o sofrimento, a ignorante por não acreditar que somos Nada, que apenas passamos por aqui, sem outro propósito que não seja almejar algo que ninguém sabe definir. Não! Não quero uma Vida que nem sequer sei se existe. Também não vou esperar que me ofereçam o Futuro ou escudar-me no Passado. Se me roubaram foi porque não estava atenta, se me magoaram foi porque não me defendi e se perdi tanta coisa foi por manifesta falta de jeito. Não responsabilizo ninguém nem peço desculpa de ser como sou. Sou assim. De sorriso fácil e mau-feitio quanto baste. E gosto de ser assim.

 

Chegou ao fim mais um capítulo da minha história.
Não faço a mínima ideia o que vou escrever no próximo.
Mas sou eu que o vou escrever e começa com um sorriso.
Hoje é o primeiro dia do resto da minha vida.
E que me caia um raio em cima se vou perder mais alguma coisa.

 

(*) excerto de ”Something Good”, deR.Rodgers & O.Hammerstein II (tradução livre)

publicado às 00:08


17 comentários

De T. a 01.03.2012 às 00:29

Estaremos cá para assistir a esse novo primeiro dia =)

beijos

T.

De Maria Alfacinha a 01.03.2012 às 00:56

Espero bem q sim!
Gosto da vossa companhia :-))))

De Closet a 01.03.2012 às 00:37

Um sorriso é sempre um excelente começo :) mesmo com mau feito atrelado!! Venham lá novos capítulos!
Um abraço apertado

De Maria Alfacinha a 01.03.2012 às 00:58

Tambem achei q era um optimo principio :-))))
E o mau-feitio é imagem de marca...
XI- graaaande

De ligeirinha a 01.03.2012 às 12:01


´
És uma lutadora! Obrigada por seres minha amiga!!!
Beijocas grandes!

De Maria Alfacinha a 01.03.2012 às 12:04

Eu é que te agradeço minha querida.
Obrigada por seres minha amiga! :-)))
gordalhufo

De aflores a 01.03.2012 às 13:09

Também perdi...amigos, pai, mãe, sogra; Fiquei sem trabalho (velho para trabalhar, novo para a reforma); Perdi qualidade e nível de vida; Ia perdendo quase tudo (o que restava) naquela tarde 20 de Maio de 2010 pelas 15:20...mas naquele momento, dois anjos ( e eu que nunca acreditei em anjos) surgiram e não me deixaram partir.
O esforço que fizeram (e lágrimas que derramaram), a esperança e vontade foi tanta, que permitiram que eu voltasse a renascer. Hoje, graças a eles (Nuno e Palmira, seus nomes) continuo a manter a esperança e aproveitar ao máximo a nova oportunidade que me foi concedida.
Hoje, dia do meu aniversário :) são eles (os primeiros a ligar) e todos os outros que continuam a deixar mensagens, que me dão vontade de continuar a acreditar e a fazer do dia de hoje (porque não?) o Primeiro Dia.

Tudo de bom!

De Maria Alfacinha a 02.03.2012 às 12:38

Vamos fazer de todos os dias o primeiro dia? :-))
Bj grande amigo

De Natacha a 01.03.2012 às 16:56

Ahhhhh "De sorriso fácil e mau-feitio quanto baste." ... parece a minha fotografia ;)

O que não nos mata torna-nos mais fortes... é o que se houve por aí. Para mim, na vida, há que haver dignidade, nas conquistas e nas perdas... e é aqui que deixo a minha vénia ;)

Coragem e um beijo

De Natacha a 01.03.2012 às 16:57

Bahhh para mim, claro que aquele "ouve" não tem aquele h horroroso

De Maria Alfacinha a 02.03.2012 às 12:39

Bem que desconfiava que éramos parecidas :-))
Obrigada pela amizade

De Maria Alfacinha a 02.03.2012 às 12:39

Ehehehehe
Foi um tropeção nas teclas. :-)
Acontece-me tantas vezes...

De aflores a 01.03.2016 às 15:37

Olha, e já passaram mais uns anitos.
Tudo de bom, com muitos sorrisos.

De Maria Alfacinha a 01.03.2016 às 15:48

Ora, nem mais! :-)
E aproveito para deixar um grande beijo de parabéns, já que é impossível escrever na tua cronologia

De aflores a 01.03.2016 às 16:23

Na cronologia podes escrever nos post que por lá estão ou podes sempre usar o serviço de mensagens. Para receber beijinhos e abraços estou sempre pronto
Beijinhos para ti também.

De (des)Esperança a 01.03.2016 às 15:43

e eu adoro-te na perda e na força! Na mágoa e na esperança... em tudo, sempre! Vamos lá embora para a frente, tudo começando com um sorriso e as tuas palavras soberbas.. !

De Michelle MVH a 01.03.2016 às 15:49

E viva os recomeços! Sem raios a cair-te em cima! Belo texto. muito to the point. Beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




 






O Meu Alpendre


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D