Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Neujahrskonzert der Wiener Philharmoniker

por Maria Alfacinha, em 01.01.16

Neujahrskonzert der Wiener Philharmoniker

Não posso precisar a primeira vez que assisti ao Concerto de Ano Novo da Orquestra Filarmónica de Viena mas sei que os meus avós – os que conheci – ainda eram todos vivos o que, por si só, é sinónimo que a memória remonta a uma outra vida que não esta. Era com eles que me sentava no sofá grande, ou aos seus pés, dispensados que estávamos de participar na azáfama da preparação do almoço de Ano Novo, uns pela idade avançada e eu, com certeza, pela proverbial fama de desastrada o que me desobrigava de pôr a mesa – tarefa designada aos mais novos – evitando assim que a loiça das festas, parte de um enxoval ou herança familiar, perdesse mais uma peça.

 

Se haver programas de televisão logo de manhã era, só por si, algo de extraordinário, o invulgar movimento de gente a entrar e a sair, os ruídos e aromas que vinham da cozinha, a expectativa de mais um dia de festa, deixava-me num estado de ansiedade que mal conseguia disfarçar e a menina irrequieta que eu era lutava entre a vontade de participar no corrupio da reunião familiar e o medo de perder um minuto que fosse do momento mais mágico do ano, logo a seguir à noite de Natal. Até que se ouviam os primeiros acordes do hino da Eurovisão e entre “xiuus” e “vai começar” ou “põe mais alto para eu ouvir”, a manhã tornava-se única, transbordando de valsas e polcas e marchas que o meu pequenino coração parecia conhecer de cor, os olhos adivinhando por entre os tons de cinza os dourados da sala, as cores das flores que a enfeitavam ou o verde dos jardins que serviam de cenário aos bailados e deixava-me embalar na certeza de que todos os sonhos seriam realizáveis e o mundo seria melhor apenas porque eu queria. Só quando o Concerto acabava é que o Novo Ano realmente começava, e os seus primeiros dias brilhavam de promessas e vontades inspiradas por aqueles momentos. Ainda hoje é assim.

Assistir ao vivo ao Concerto de Ano Novo da Filarmónica de Viena não é um sonho, é um propósito, um projecto, um plano a cumprir. Há Concertos de Ano Novo bem mais perto e bem mais acessíveis, mas este é o que eu quero e nenhum outro o poderá substituir. Um dia estarei em Viena, na manhã de um outro Ano Novo, sentada naquela plateia, a acompanhar com palmas a Marcha Radetzky. Porque, como em muitas outras coisas na vida, não me contento com menos.

Para todos nós, ein Glückliches Neues Jahr!

 

in "Histórias de menina"

publicado às 10:30


2 comentários

De poetaporkedeusker a 04.01.2016 às 20:16

Milagroso, minha querida Maria Alfacinha! Para mim, terá mesmo de ser milagroso, este 2016... apesar de não ser nada crente em milagres deste tipo, preciso de um, reconheço. Bem menos provável, o meu, do que o teu glorioso aplauso à Marcha Radetsky, mas absolutamente necessário porque, diante da implacável realidade, também me não posso contentar com menos...


Beijo grande!

De Maria Alfacinha a 13.01.2016 às 15:07

Os milagres existem. Sei que existem, têm que existir.
E não, não nos podemos contentar com menos :-)
Beijo grande, grande

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




 






O Meu Alpendre


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D